Eventos

21 de Aug de 2019
  • 21 de Ago de 2019 de 8:00am a 4:00pm
  • Localização: UNA BH – Campus João Pinheiro 2 – Av. João Pinheiro, 580, Funcionários/ Belo Horizonte –MG
  • Útimas atividades: Ago 19

3435404430?profile=RESIZE_710x

Em seu objetivo de número 12 (Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis) a Agenda 2030, plano de ação global ratificado por 193 países – inclusive o Brasil, na ONU em 2015 – para promover o bem-estar geral da população mundial e do planeta nos próximos 11 anos, estabelece como compromisso para governos, iniciativa privada e sociedade uma readequação dos sistemas de produção de bens e de consumo. Entre as recomendações para o alcance do desenvolvimento sustentável está evitar o que causa desperdício, o volume exagerado de lixo e o uso de recursos naturais maior do que o necessário. E assim produzir e consumir apenas o que necessitamos para interferir positivamente nas nossas cidades e nosso planeta.

Este é também é o objetivo da economia solidária. Por isso este sistema de produção, comercialização e consumo será um dos temas discutidos durante o debate público promovido pelo Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030, o GT Agenda 2030, marcado para a próxima quarta-feira, dia 21 de agosto, em Belo Horizonte. O encontro vai acontecer no Campus João Pinheiro 2, do Centro Universitário Una, que fica na Av. João Pinheiro, 580, no Bairro Funcionários. O debate será das 8h30 às 16h.

“Economia solidária é uma forma de corrente do bem. Uma modalidade que deve ser encarada como inovação pela capacidade de gerar trabalho e inclusão, que integra quem produz, quem vende, quem troca e quem compra os produtos que fazem parte de toda cadeia. E a Agenda 2030 nos chama a atenção e nos pede isso: para que alimentemos e cultivemos o respeito à natureza, à cooperação e ao comércio justo, por exemplo, pondo fim ao abuso de recursos naturais – que são findáveis – e ao volume de lixo que geramos pelo consumo desenfreado – forma dominante que empregamos na atualidade”, explica Francisca Maria da Silva, representante da coordenação do FBES, uma das organizações associadas ao GT Agenda 2030.

O debate está sendo organizado pelo Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), entidade facilitadora do GT, com apoio do Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES) e da ONG Moradia e Cidadania – que é responsável por iniciativas como: educação, geração de trabalho e renda e apoio às ações de combate à fome e à miséria para comunidades de baixa renda em vários pontos do país – e do próprio Centro Universitário Una. Os interessados em participar do evento devem se inscrever, gratuitamente, pelo link.

Para mais informações, acesse.

Inscrições.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Fórum Intersetorial para Combate às DCNTs no Brasil.

Join Fórum Intersetorial para Combate às DCNTs no Brasil